Pai cria negócio na Internet e realiza sonho

555
Pai cria negócio na Internet e realiza sonho

Já inscrito na pós-graduação, Márcio pensa em voar mais alto depois que criou seu negócio na internet

 

Márcio José tem agora 29 anos e é casado com Janaína. Ele é paulista e ela, mineira. O casal café com leite se conheceu há sete anos numa famosa festa em Barretos. Enquanto fazia faculdade e trabalhava muito, ela se organizou para mudar para a capital paulista e encarar uma vida a dois.

Ainda durante a faculdade de Márcio, eles se casaram e alugaram um pequeno apartamento de um quarto no Jardim Selma. A vida era apertada. Ele ainda trabalhava no frigorífico e ela era auxiliar de enfermagem em uma clínica para idosos.

Assim que se formou, ele foi em buscar de uma vaga melhor, como programador. Conseguiu, mas o ritmo de trabalho aumentou e o salário nem tanto.

 

Família cresceu

Ele sempre teve o sonho de cursar uma pós-graduação na área de jogos e para desenvolver aplicativos de celular. Mas a grana nunca dava, ainda mais com a chegada da pequena Joana há três anos.

Tiveram que se mudar para um apartamento de dois quartos no mesmo bairro e com isso a despesa ia aumentando consideravelmente.

Trabalhando sempre no meio de profissionais de computação, ouvia, volta e meia, ofertas de cursos para montar negócios pela Internet que ia fazer um milionário e tal. Nunca deu importância às promessas mirabolantes que começavam a pipocar nas redes sociais.

 

Negócio físico custa caro

Passado o carnaval de 2019, Márcio e Janaína conversaram sobre a situação da família. Ele queria arriscar, deixar o emprego e, com o dinheiro da rescisão montar seu próprio negócio. Quando se aprofundou mais, viu no site do Sebrae que o buraco era bem mais embaixo do que ele imaginava. Janaína, mineira pé-no-chão, disse para ele se acalmar que as coisas iam melhorar. Sugeriu que se aprofundasse no que havia de oferta para criar negócios na Internet. Ela não entendia do assunto, mas deu uma dica valiosa para o marido.

 

Negócio na Internet era opção mais em conta

Aproveitando o final de semana, enquanto Janaína levou a pequena Joana para tomar sua sobremesa preferida (um açaí cheio de confetes), Márcio aproveitou para abrir o notebook e começar a busca.

Entrou no Google e digitou: como começar um negócio na internet com sucesso e baixo custo. O resultado da busca veio como uma luva. Um vídeo do Empreendedor Digital Alex Vargas, do Rio Grande do Sul, que narrava uma trajetória muito parecida com a de Márcio.

Ainda de boca aberta com tudo o que via e ouvia no primeiro vídeo e nos vídeos seguintes, Márcio ligou e pediu para Janaína voltar para casa. Ela, sem entender muito bem, começou a ouvir o marido falar sem parar. Disse para ele: “Calma. Você está muito ansioso. Isso não pode ser desse jeito”. Depois de acalmá-lo, Janaína falou o mais importante: “Esse cara quer vender o curso. Você já procurou conversar com quem já comprou o curso dele? Se deu certo e se é bom mesmo?”. Ele ficou mudo e pensativo. Encostou no sofá e fechou os olhos por alguns instantes.

Ainda quieto, ouviu a esposa perguntar: “Amor, quanto custa esse curso?” Ele respondeu, de olhos fechados: “Barato. E ainda divide em…”. Ela retrucou: “Barato é o marido da barata. Perguntei em reais”.

Quando ele disse que custava menos de dois reais por dia Janaína parou de mexer na pia, olhou para ele da porta da cozinha e disse: “Pode começar a falar com as pessoas que compraram o curso do rapaz. Se de dez pessoas, seis gostaram, você vai fazer esse trem”.

Márcio correu pra mesa e começou a ver os comentários e foi para o Facebook procurar a página do curso e olhar os comentários. Na noite de sábado já tinha falado com mais de 30 pessoas. A maioria estava com seu próprio negócio e ganhando dinheiro. As que não estavam revelaram que não haviam se dedicado o suficiente.

 

Resultados rápidos

“Vou com tudo”, disse para a esposa. “Uma hora por dia pelo menos”. E assim começou sua jornada de empreendedor digital.

Sete meses depois de iniciar o curso e montar o negócio na internet passo a passo, já colhe os frutos do novo empreendimento. “Nem acredito que está acontecendo. Os resultados vieram mais rápido que eu imaginava. Já tenho renda maior que meu trabalho de programador e já me inscrevi no curso de pós-graduação à distância, meu primeiro grande sonho.”

Márcio diz que estuda as aulas do curso uma hora por dia, pelo menos. E trabalha no negócio mais uma hora também. Mas não abre mão do final de semana com Janaína e Joana. Passear pela cidade de São Paulo que diz nunca ter tido a chance de conhecer, apesar de ter nascido na capital.

Márcio José e sua família estão começando a trilhar o caminho do sucesso. Ele ainda tem receio de deixar o emprego de programador. Mas disse que já encara com outros olhos. “Em breve vou conseguir deixar esse trabalho e me dedicar parte do meu tempo que ganhava dinheiro para os donos da empresa para ganhar dinheiro para a minha. Tenho certeza que vou conseguir.

Se você quer conhecer mais um pouco sobre esse curso que está mudando a vida do Márcio José, clique aqui.

Mas se quiser conversar mais sobre o assunto pode nos chamar para um bate-papo no Whatsapp clicando aqui.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Por favor, insira um nome

5 × 3 =